Criando Conexões de Orações

Existe um costume muito enraizado na cultura das pessoas no geral. Quando não gostamos ou não concordamos com o comportamento de uma outra pessoa, tecemos a nossa infalível crítica, que mesmo não sendo expressada verbalmente, apenas no pensamento, já tem uma energia e direção.


Criando Conexões de Orações

 

Existe um costume muito enraizado na cultura das pessoas no geral. Quando não gostamos ou não concordamos com o comportamento de uma outra pessoa, tecemos a nossa infalível crítica, que mesmo não sendo expressada verbalmente, apenas no pensamento, já tem uma energia e direção.

 

Não estamos dizendo que os comportamentos inferiores das pessoas a nossa volta devem ser simplesmente ignorado, tampouco dizendo que esses aspectos não sejam perturbadores. O que queremos expor aqui é o fato de que mesmo que a pessoa não esteja agindo de forma adequada, que seu comportamento seja negativo, nunca deveremos tecer comentários igualmente críticos ou negativos, já que isso irá reforçar esse padrão de comportamento. É óbvio e natural que haja uma reação, mesmo que silenciosa em nossas mentes. Quando somos insultados, afrontados, ofendidos, magoados, etc, é disparada internamente uma resposta para aquele fato. Precisamos aprender a controlar essa reação!

 

Quando alguém nos faz algo de ruim, alguma coisa realmente imprópria ou inferior, é por que essa pessoa, mesmo que momentaneamente, está em uma vibração baixa que a faz pensar, sentir e produzir essas inferioridades. Quando impiedosamente manifestamos verbalmente ou mentalmente a nossa crítica para aquela pessoa, estamos projetando nela mais energia negativa e por conseqüência reforçando ainda mais essa vibração baixa.

 

E vamos falar honestamente, é muito difícil para qualquer pessoa nessas condições conseguir segurar os comentários ou reações naturais pertinentes. Só que o resultado desse processo natural é que não conseguimos nunca ajudar a quem precisa evoluir, e o pior é que, pessoas que produzem constantemente inferioridades são as que mais precisam crescer espiritualmente. Conseqüentemente a pessoa recebe essa vibração inconscientemente e vai se mantendo cada vez mais nessas vibrações densas que tanto geram problemas.

 

Trazendo isso para a prática, se você não concorda com o comportamento da sua cunhada, não manifeste sua crítica, não comente e nem verbalize. Se você não suporta a arrogância do seu chefe, por favor, não perca seu tempo em criticá-lo, isso vai fortificá-lo ainda mais nessa arrogância. Se você não agüenta mais a sua sogra, está cansado do seu marido ou esposa, não tem mais paciência com seus filhos. Pelo amor de Deus! Não os critique, não reclame pelos comportamentos que você não gosta, isso só vai reforçar ainda mais esses aspectos negativos. É claro que ninguém gosta desse tipo de coisa, mas projetar a sua crítica, mentalmente ou verbalmente mesmo, isso vai realimentar esse ciclo negativo que tende a ficar cada vez pior. Com o tempo, quando os comentários, críticas ou reclamações continuam a acontecer um campo energético consistente nessa vibração característica vai sendo criado. Esse campo energético vai gerando uma rede de impulsos vibratórios na freqüência das inferioridades, e isso ancora comportamentos negativos no indivíduo que recebe a crítica. Essa energia concentrada dificulta muito a evolução da pessoa, mesmo que ela um dia se de conta que precisa melhorar e se redimir de seu comportamento inadequado, ela vai sentir uma dificuldade muito grande. Isso porque essa energia criada pelas críticas vai dificultar muito o processo e raramente a pessoa vai evoluir e melhorar e purificar seus aspectos inferiores da personalidade.

 

A vantagem desse processo é que o mesmo mecanismo, no entanto com intenção oposta pode ser um instrumento poderoso de ajuda para quem precisa evoluir, mesmo que não tenha por si só compreendido isso.

 

Quando sentimos algo ruim provocado pelo comportamento inferior de qualquer pessoa, seja ela alguém muito próxima na sua convivência ou alguém bem distante, a reação necessária para ajudar essas ocorrências não se repetirem é bem simples.

 

É preciso aprender a controlar os impulsos das emoções, controlar a impulsividade, respirar fundo (a respiração é um recurso importantíssimo), e buscar dentro da pessoa que seria alvo da sua crítica, a presença do seu EU Superior, da divindade dentro dela, que por medos e armadilhas do ego, se distanciou da sua verdadeira essência. É preciso encontrar na pessoa o entendimento de que ela é alguém que mesmo sem ter consciência, precisa muito de ajuda. É preciso entender que as pessoas normalmente impertinentes são seres distanciados de sua essência divina e espiritualidade. 

 

No começo esse processo precisa de um pouco de treino já que é necessário vigiar constantemente os nossos atos, pensamentos ou projeções mentais em relação às pessoas. É preciso vigiar os pensamentos e perceber se o que falamos a respeito das pessoas é positivo ou não, porque tudo é muito sutil.

 

Escuto todos os dias as pessoas criticarem seus governantes, seus políticos, órgãos públicos e tantos outros, sem perceber que isso só intensifica as dificuldades, reforçando esses acontecimentos negativos graças ao psiquismo poluído e negligente das pessoas que desconhecem as conseqüências desses atos, pois os percebem como sem importância. Com certeza isso é decorrente da alienação e da ignorância consciencial.

 

Precisamos aprender a constantemente encontrar partículas de Eu Superior, ou de Deus em cada pessoa, fazendo o exercício diário de perceber que quanto mais inferior for à personalidade do indivíduo, mais distante de sua espiritualidade e desequilibrada ele está.

 

Quando se concentra em perceber essa energia que cada um tem, mesmo sendo ela quase imperceptível ou parcialmente apagada, uma força positiva em prol da evolução daquela pessoa começa a crescer. Ter a consciência que quem vive com esses hábitos comportamentais negativos é alguém em desequilíbrio já é uma atitude positiva, porque traz o entendimento da situação, e isso diminui muito a intensidade dessa projeção reativa natural.

 

Em seguida, projetar na pessoa um pensamento positivo contrário ao que está em evidência também é providencial, pois gera grande enfraquecimento na personalidade negativa. Isso é muito simples, você pode fazer em silêncio, mentalmente e às vezes até na frente da própria pessoa, ou também em um segundo momento, nesse caso distante dela. Faz-se apenas uma mentalização rápida, imaginando a pessoa serena, feliz, consciente de seu erro, compassiva, cheia de amor, despertando para sua evolução. 

 

Em alguns casos, em função da pessoa ser já de longa data conhecida pela sua personalidade difícil e negativas, alguns duvidam do poder dessa prática simples, no entanto, basta um pequeno exercício mental nesse sentido, que você poderá ver resultados nítidos aparecerem. Quando se leva a sério essa conduta, coisas incríveis acontecem. A criação desse hábito é o comprometimento com um mundo muito melhor e sem grandes esforços, pois acontecem no silencio de nossos pensamentos e projeções mentais.

 

Quantas pessoas vivem dentro de igrejas, templos, centros, meditando, rezando, no entanto adoram criticar outras pessoas, e dedicam algum tempo de seus dias para reclamar e achar defeitos. Definitivamente isso não é uma conduta de alguém que se considere espiritualizado.

 

Toda a população mundial precisa adquirir esse hábito, construir uma rotina de consciência espiritual, porque quando isso acontecer vamos conseguir avançar consistentemente degraus importantes de nossa evolução.

 

Depois de desenvolver habilidade nessa prática, passamos a criar uma concentração de energia parecida com aquela quando tecemos críticas constantes, só que dessa vez com polaridade invertida, o que quer dizer, positiva. O resultado disso é a construção de um campo de energia sutil muito benéfico à evolução de cada ser. Isso cria uma conexão de energias de orações, diga-se de passagem, uma meta maravilhosa para cada pessoa que se considera espiritualizada, isso porque se trata de uma vibração positiva concentrada. Essa rede de energia criada torna a prece da pessoa mais poderosa e mais intensa. Quanto mais prática nesse hábito, mais intenso e positivo é esse campo de energia, consequentemente aumenta o estado de consciência, magnetismo pessoal e carisma. Quando criamos esse campo energético, propagamos conexões de energias de orações, ajudando na evolução das pessoas, do planeta e de nós mesmos com conseqüência bem vinda desse processo.

 

Quando várias pessoas ao mesmo tempo começam a se dar conta dessas possibilidades, suas energias se conectam mesmo que inconscientemente. Quando essa conexão começa a reunir mais e mais pessoas a cada dia, uma linda rede de energia se forma. Essa rede, cada vez mais coesa e estendida vai estimulando também mais pessoas a evoluírem. Quando alguém que está conectado a essa conexão de orações, pois ajudou a criá-la e a ajuda a mantê-la, passa a ter mais força e mais poder pessoal, que possibilita que sua capacidade de ajudar ao próximo fique cada vez mais lapidada. Essa é a chave!

 

Existe tanta gente alienada nesse mundo, pessoas infelizes e mesquinhas, que sem uma força muito intensa, ajuda-las não seria tarefa fácil. A criação dessas redes de orações podem melhorar muito o psiquismo das pessoas em desequilíbrio. É importante saber que sempre que alguém que está conectado a essa rede, fizer uma oração ou mentalização positiva em prol de uma pessoa, o foco da prece recebe energia de quem a faz, bem como de todo esse campo de energia criado pela conexão.

 

Estamos falando de uma energia tão poderosa que silenciosamente já ajudou a evitar muitos conflitos, guerras, catástrofes. Uma energia tão linda e intensa, que constantemente vem tirando pessoas dos leitos de morte, gerando curas espetaculares. São inúmeros os benefícios, no entanto não são apenas lindos e incríveis, são imprescindíveis para a condição atual do planeta. Queremos alertar que sem a construção dessas conexões de energias de orações, vai ser difícil mudar a mentalidade do nosso planeta. 

 

O passo principal é eliminar a crítica, concentrando a projeção da divindade que há em cada ser. Em seguida, precisamos aprender a projetar pensamentos positivos contrários aos aspectos inferiores das pessoas. O próximo passo é manter continuamente esse hábito para que o campo de energia se faça, se fortifique e se estenda. 

 

Após a construção dessa energia, é importante estimular mais e mais pessoas a fazer o mesmo. Nesse estágio as orações devem ser enviadas não só para quem precisa mas para as outras pessoas que estão na mesma caminhada. Quando as pessoas que conseguem criar esses campos de energia de orações passam a projetar energia uns para os outros, essa corrente se fortifica e se expande mais ainda. É importante perceber que o foco não é só as pessoas e situações que precisam de prece, mas também as outras pessoas que rezam. Tipo de oração, a religião e crença não importam, somente a intenção. Quando você não se liga as conexões de orações antes de rezar para algo ou alguém, sua energia fica menos intensa e você não contribuirá para potencializar e realimentar a rede energética.

 

Crie esse campo energético, estenda-o para o numero maior de pessoas possível, troque energias e benções entre todos e continue a mandar vibrações positivas para todas as pessoas, lugares, situações que necessitam. Você vai começar a acessar um universo similar, coexistente com a realidade atual, inacreditavelmente próspero e abençoado, que vai banhar a sua vida com tanta luz e paz que seu estado de graça será algo natural, você vai viver em plena sintonia com Deus, uma Sintonia de Luz.

 

Abaixo, um resumo dos principais passos para você criar um campo energético de oração, se ligar as conexões de oração para ficar na Sintonia de Luz.

 

1. Suspenda toda a crítica, lamentação ou reclamação, para você ou para qualquer coisa ou pessoa, tanto verbal quanto mentalmente;

 

2. Comece a buscar dentro das pessoas ou situações que seriam alvo da crítica, uma chama divina. Isso quer dizer, compreenda que ela está bem distante de seu equilíbrio e consciência espiritual;

 

3. Projete mentalmente uma visão de que a pessoa se dá conta de sua necessidade de evoluir e que ela desperta para a evolução;

 

4. Use essa prática constantemente, isso vai manifestar um campo energético pessoal de energia positiva, alimentando um estado de espírito positivo e equilibrado;

 

5. Mantendo constantemente esse hábito, foque as suas orações e mentalizações positivas para todas as pessoas que fazem parte de sua rede de amigos e pessoas que também realizam essa prática;

 

6. Foque suas orações e mentalizações positivas para todas as correntes de orações do mundo, de todas as religiões, filosofias, crenças, etc. Quando há esse foco a energia se expande e se potencializa muito;

 

7. Com essa conexão, com mais força e confiança, inicie suas orações ou mentalizações positivas, dessa vez focando para as pessoas ou situações que precisam.