Imprimir esta página
Os Nodos e Nulos de Gaia - Kryon

Os Nodos e Nulos de Gaia - Kryon

Os Nodos e Nulos do planeta são uma parte do sistema de Gaia que foi criado pelos Pleiadianos


Você alguma vez já esteve em algum lugar neste planeta de tirar o fôlego e sentiu uma energia suave embrulhar-se ao seu redor como um delicioso e aconchegante abraço? Isto poderia ser um portal? O que é um Portal? Aliás, o que são os Nodos e Nulos da Terra? Por que eles existem? Poderiam ser parte de um sistema? Se eles são parte de um sistema, como funciona?

A ciência sempre me fascinou, especialmente a interconectividade que existe, seja em uma escala microscópica ou macroscópica; ou de átomos a galáxias. Quase todo cientista da Terra está consciente da grande escala de conectividade em sistemas naturais. Estes sistemas são dinâmicos e mudam constantemente devido às mudanças em fatores contribuintes. Um exemplo disto é a teoria das placas tectônicas. Placas tectônicas descrevem os movimentos em larga escala da litosfera terrestre. Explica os movimentos dos continentes e a junção destas placas é onde as maiores atividades geológicas, tais como os terremotos, erupções vulcânicas e formações montanhosas ocorrem.

Como uma Bacharel em Ciências Aplicadas, e depois como Guarda Florestal em um parque nacional, estudei e trabalhei com os sistemas naturais de nossa Terra, mas sempre excluindo Deus. Não estava interessada em coisas esotéricas e não queria seguir qualquer dos sistemas de crenças organizados (religiões). Isto significava que eu apenas via as partes tridimensionais da ciência. No entanto há uma outra energia presente, aparentemente escondida porque é multidimensional. Um exemplo disto é a gravidade. A ciência pode estudá-la e medi-la, no entanto é invisível. A energia multidimensional de Deus também é invisível, mas mais de oitenta e cinco por cento do planeta pode senti-la.

Quando meu despertar espiritual começou, ele eventualmente me levou às mensagens canalizadas de Kryon, dadas por Lee Carroll (o canal original de Kryon). O trabalho de Kryon tocou as vidas de muitas velhas almas por todo o planeta. Um dos aspectos que amo nas mensagens de Kryon é o belo casamento entre alta consciência e alta ciência. Milhões de pessoas podem sentir o amor de Deus apenas pela fé, mas eu queria algo mais. Eu queria saber como tudo funciona e se havia um sistema. Por mais de 24 anos Kryon tem dado mensagens à humanidade a respeito de um grande e elegante sistema. Em inúmeras ocasiões a informação científica de Kryon foi validada por cientistas, anos após a primeira vez em que foi dada.

Aqui está um fato científico: um astrônomo e físico, Michael Denton, descobriu que o Universo é tendencioso para a vida e deu origem à teoria do desenho inteligente. Kryon nos diz que um nome mais apropriado seria desenho benevolente. Mas, o que toda esta conversa sobre sistemas e desenho benevolente tem a ver com Nodos e Nulos? Na verdade, tem tudo a ver.

Os Nodos e Nulos do planeta são uma parte do sistema de Gaia que foi criado pelos Pleiadianos e está “enganchado” no desenho benevolente do Universo.

Considere por um momento que o planeta Terra tenha se graduado para o status de ascensão e os humanos iluminados estejam prontos para semear outro planeta com divindade. Como você prepararia aquele planeta prospectivo? Que coisas você instalaria? Que tipo de sistema haveria? Se este processo já aconteceu muitas vezes antes, você acredita que haveria atributos similares a cada vez? Se você estivesse criando o próximo planeta de livre arbítrio, como assistiria os humanoides, caso escolhessem se tornar um planeta graduado e ascenso? Estas perguntas são muito esotéricas e bastante complexas, mas eu as faço para que você possa começar a conectar os pontos do sistema de Gaia que os Pleiadianos criaram quando plantaram as sementes da Divindade na Terra.

Meu livro, The Gaia Effect compilou a informação dada por Kryon sobre tudo que envolve o relacionamento de Gaia com a humanidade. No entanto, este livro foi escrito e publicado em 2013. A humanidade apenas acabou de passar o marcador do ponto de decisão final em 21 de Dezembro de 2012 quando os humanos escolheram se tornar um planeta graduado e Ascenso. Isto significa que informações detalhadas com relação aos Nodos e Nulos ainda não estavam prontas para serem dadas, já que a humanidade não estava pronta para receber. Imagine tentar dizer aos humanos que viveram há mais de cem anos a respeito do Facebook? É uma premissa similar.

Nós agora estamos prontos para receber informações sobre os Nodos e Nulos. A primeira vez que Kryon começou a revelar informações sobre os Nodos e Nulos da Terra foi durante o Kundalini Tour em 2012 na América do Sul. Aquele tour começou na Argentina, atravessou os Andes para o Chile, viajou para o norte para a Bolívia e terminou no Peru. Muitos lugares sagrados e espirituais foram visitados, alguns dos quais eram Nodos e Nulos.

Nodos e Nulos funcionam em conjunto, não como uma unidade singular, operando como um par polarizado. O mecanismo dos pares polarizados de Nodos e Nulos é uma energia “empurra-puxa” da Rede Cristalina. O que isto significa? Pense nos Nodos como um aspirador de pó. Os Nodos estão lentamente retirando as coisas que não são mais necessárias para a humanidade, tais como o medo, guerra, drama. Pensem nos Nulos como um depósito de energia Pleiadiana onde novas informações tais como ideias e invenções estão lentamente sendo empurradas para a humanidade. Esta é a energia empurra-puxa dos Nodos e Nulos.

Então, o que eles são e qual a diferença entre um Nodo e um Nulo?

As definições específicas de Kryon são:

NODOS ocorrem quando há uma sobreposição específica das três redes de consciência humana. Gaia (como a Rede de Gaia) tem um campo separado da Cristalina e quando a Rede Cristalina se sobrepõe a Gaia em certos atributos há uma intensificação de energia que cria um Nodo. Há três tipos de Nodos: portal, vórtex e vortal. Um portal é um Nodo que se sobrepõe e amplifica Gaia. Um vórtex é um Nodo onde as energias colidem e estão em movimento constante. Um vortal é um Nodo que é uma mistura de um portal e um vórtex. Um dos atributos dos Nodos é que eles absorvem energia que não é mais necessária. Este é o mecanismo de como a Rede Cristalina está se recalibrando e porque os campos de batalha já não sustentam a carga energética do medo, guerra e morte.

Nodos são lugares de imensa intensidade, frequentemente em lugares que são menos acessíveis ou desejáveis para habitação humana. Mas os humanos são muito atraídos para eles de qualquer maneira, e os indígenas da Terra frequentemente constroem templos lá.

Alguns lugares bem conhecidos onde ocorrem Nodos incluem: Monte Shasta, Califórnia; Sedona, Arizona; Machu Picchu, Peru.

NULOS também ocorrem quando há uma sobreposição específica das três redes de consciência humana. No entanto, neste caso a sobreposição da Rede Cristalina com Gaia cancela-se mutuamente em termos energéticos e tem-se então um Nulo. Um Nulo é, portanto, um lugar onde há uma ausência da Rede Cristalina, e assim o que se tem é somente a pura energia de Gaia. Poder-se-ia dizer que deixa um buraco na Rede Cristalina, criando o lugar perfeito para os Pleiadianos empurrarem energia e informação para aquela rede. Esta informação criará novas invenções e nova consciência para o planeta.

Nulos podem parecer maravilhosos, mas são intensos demais para se permanecer neles por longos períodos. Representam a pura energia criativa. É muito mais difícil se viver neles, e os lugares na Terra onde existem são frequentemente desabitados por este motivo (alguns também estão no oceano). Também tem estranhas características de campos magnéticos, tornando o difícil para a energia vital e sinapses cerebrais equilibradas (também são problemáticos para navegação magnética padrão). Desequilíbrio e confusão é o resultado (também um aparente mal funcionamento de instrumentos de navegação).

Alguns lugares bem conhecidos onde ocorrem Nulos incluem: Vale da Lua (San Pedro de Atacama), Chile; Monte Kilimanjaro, Tanzânia (África) e o Triângulo das Bermudas.

Não há simetria com estas linhas e elas ocorrem tanto abaixo quanto na superfície da Terra, portanto se tornam mais complexas do que pensamos. Todas estas linhas são criadas pela Rede Cristalina e a Rede Cristalina é criada pela consciência humana. A consciência humana mudou enormemente o que disparou uma recalibração de tudo: Gaia, a Rede Cristalina e a Natureza Humana como a conhecemos. Esta recalibração é discutida no Livro

Treze de Kryon: The Recalibration of Humanity 2013 and Beyond escrito por Lee Carroll

Como foram criados os Nodos e Nulos?

Kryon disse que quando os Pleiadianos vieram para a Terra eles se colocaram em um estado quântico por todo o planeta em várias áreas. Nodos e Nulos representam diferentes atributos de energias no planeta [colocados pelos Pleiadianos]. Há inúmeros Nodos e Nulos por todo o planeta. Pode-se encontrá-los nas mais altas montanhas, nos mais áridos desertos e tudo o mais entre eles.

Há muito tempo atrás os Pleiadianos olharam para este planeta e selecionaram 12 pares de pontos energéticos. Eles representariam a dualidade do planeta. Estes 12 pontos energéticos são encontrados em 24 locações geográficas. Um total de 24 Nodos e Nulos, em picos de montanhas e desertos, foram selecionados para representar as partes do planeta que eram mais promissoras. Kryon chamou a estes dozes pares polarizados de Nodos e Nulos de cápsulas do tempo. Energia foi estabelecida nestes lugares de forma que se a humanidade chegasse a uma consciência elevada eles liberariam informações para o ser humano individual bem como para todo o planeta. Há uma geometria sagrada dentro da seleção dos pares. Dentro da geometria sagrada as formas, cores, sons e números, todos revelam a divindade de Deus. Os Pleiadianos selecionaram estes pontos, muito antes de qualquer civilização ter vivido lá e conforme olhamos para as locações deveríamos ponderar o significado do que acontece naquelas áreas hoje.

O que são cápsulas do tempo?

A maioria das pessoas considera cápsulas do tempo como um container que é enterrado no solo ou enviado para o espaço sideral, com a intenção de que seja aberta em uma data futura. Quando Kryon fala sobre as cápsulas do tempo criadas pelos Pleiadianos, isto significa uma conexão direta com a informação multidimensional em tempo real.

Há cápsulas do tempo em Gaia, colocadas dentro da Rede Cristalina e dos cetáceos [baleias e golfinhos]. Também há cápsulas do tempo dentro de seu DNA [Akáshico]. Todas estas cápsulas do tempo tem um diferente propósito, mas, todas elas cooperam juntas em um único plano. É o plano para ver se a humanidade poderia criar um planeta ascenso.

Nós passamos o marcador de 2012 onde a mudança na consciência humana enviou um sinal de que a humanidade está agora pronta para ser um planeta ascenso graduado. Isto significa que todas as cápsulas do tempo dentro de Gaia e da humanidade estão prontas para serem abertas e liberadas. A informação quântica (dentro das cápsulas do tempo de Gaia) são sobre atributos de ciência e vida que moverão a humanidade para um novo paradigma.

Estas cápsulas do tempo precisam estar no planeta como um guia ou um modelo para a energia criativa inicial de Gaia [o padrão da criação]. Kryon disse que: à medida que as cápsulas são lentamente liberadas, elas modificam a Rede Cristalina para ajudar a mudança da consciência humana e eventualmente criar um planeta ascenso.

Os padrões não são apenas informações. Eles são portais quânticos de vida Pleiadiana. Isto é difícil de explicar, mas considere por um momento que energia quântica pode existir em dois lugares ao mesmo tempo. Este é um atributo de sua própria física quântica, portanto não pode ser assim tão estranho para você. Então considere por um momento que até mesmo a vida pode ter estes atributos. Portanto, saiba que seus criadores sementes sempre estiveram aqui de uma certa maneira quântica, e estão nas cápsulas do tempo.

Quando sentem estas energias em 3D, vocês tendem a linearizar todas elas. Portanto, aqueles que são sensitivos verão uma “cidade” ou sentirão entidades que podem até mesmo falar com vocês. Mas a realidade é que estes sentimentos são apenas resíduos de se olhar para uma profunda energia quântica enquanto estão em 3D.

Resumindo, as capsulas do tempo dentro de Gaia são um conjunto de doze Nodos e Nulos específicos. Estas doze cápsulas do tempo são encontradas em terras sagradas criando uma energia “empurra-puxa” para o planeta e um sistema de mudança evolucionária, se ativadas. As cápsulas do tempo são sagradas, a maioria intocadas, protegidas e representam o Padrão da Criação Original Pleiadiana.

Estas não são “cápsulas do passado”. Elas são “cápsulas para o futuro.” Não há nada nelas! Elas se abrem e oferecem energia quântica em tempo real para as redes, permitindo consciência elevada, invenções, e evolução do DNA humano.

Onde estão as cápsulas do tempo dentro de Gaia?

As 12 cápsulas do tempo Pleiadianas dentro de Gaia são representadas por 24 locações geográficas. A seguinte tabela é uma lista delas…

MAS … Lembre-se: os 12 Nodos e Nulos são um PAR CORRESPONDENTE e funcionam juntos como parte de um sistema de empurra/puxa recalibrando as redes de consciência da Terra.

 

Breve Descrição dos Temas

 NODOS NULOS
1a Maui, Hawaii 1b Montanhas Tibesti, Chad, Africa
2a Lago Titicaca, Bolivia/Peru 2b Mte. Kailash, Tibet
3a Península de Yucatan, Mexico 3b Mte. Kilimanjaro, Tanzania, Africa
4a Mte. Shasta, California, EUA 4b Mte Ararat, Turquia
5a Uluru, Australia 5b Monte Logan, Territórios de Yukon, Canada
6a Mte Ida e Hot Springs, Arkansas, EUA   6b Mte Fitz Roy, Patagonia, Argentina
7a Aoraki, (Monte Cook) Nova Zelândia  7b Montanhas Ural, Russia
8a Mont Blanc, Alpes Franceses, França, Itália e Suíça  8b Mte Aconcagua, Argentina
9a Glastonbury, Inglaterra  9b Gunnbjørn Fjeld, Groenlândia
10a Machu Picchu, Peru  10b Aneto, Pireneus, Espanha
11a >Montanha Rila, Bulgária o 11b Victory Peak, Montanhas Tian Shan, Quirguistã
12a Table Mountain, África do Sul  12b Montanha Nevada Meili, China

Acima está um mapa que mostra as conexões entre os pares de Nodos e Nulos pareados.

Lembre-se: cada par polarizado funciona junto como uma energia “empurra-puxa”. Estes doze pares estão limpando as redes de consciência da Terra (retirando a negatividade e energias inapropriadas) e ao mesmo tempo estão transmitindo novas ferramentas e conceitos para as redes planetárias como parte de um desenho benevolente que empurrará a humanidade para uma evolução da consciência humana.

Como nos comunicamos com as cápsulas do tempo?

A resposta curta é que nos comunicamos com as cápsulas do tempo com nossa consciência. Entretanto, há várias formas disto ser feito. As cápsulas do tempo têm estado na Terra desde que os Pleiadianos vieram e plantaram as sementes de divindade dentro de Gaia, da humanidade e dos cetáceos. Se a humanidade fosse exterminada, as cápsulas do tempo ainda estariam posicionadas, mas nunca ativadas. A decisão da humanidade de mudar a consciência permitiu que muitas novas ideias e invenções viessem para o planeta.

Este foi o motivo pelo qual Kryon, o Mestre Magnético, começou a se comunicar com Lee Carroll. Por volta da mesma época em que Kryon começou a se comunicar com Lee, um pesquisador médico começou a trabalhar com uma invenção LASER (um LASER multidimensional]. Quando este pesquisador, o Dr. Todd Ovokaitys leu o Livro Um de Kryon, Os Tempos Finais, ele descobriu que Kryon estava reportando tudo o que ele estava investigando.

Dr Todd e Lee se encontraram e instantaneamente desenvolveram um rapport que dura há mais de 20 anos.

Kryon frequentemente tem dado mensagens que mencionam o Dr. Todd Ovokaitys, no entanto, Kryon sempre se refere ao Dr. Todd como Yawee.

Em 2001 Dr. Todd começou a lembrar-se de uma antiga e sagrada prática de tons que ativaram a glândula pineal e criam experiências profundamente expansivas. Nos anos seguintes Dr Todd começou a ensinar a outras pessoas os Tons Pineais. Há vários anos Dr. Todd começou a cantar os tons nos encontros de Lee Carroll. Lee não tinha nenhuma ideia do que fazer daqueles sons engraçados e estranhos que pareciam um avião saindo da boca do Dr. Todd, MAS, Kryon estava saltitante porque estava acontecendo!

Observe que os ruídos engraçados de avião têm uma estrutura de sobretons multidimensionais que cria luz dentro do campo do DNA quando cantados com intenção. Não apenas ativa o DNA por dentro, ativa a parte Pleiadiana do DNA. Inicia um processo que é a comunicação com o propósito do Criador.

Em 2010 Kryon deu a Yawee [Dr Todd] instruções sobre o que ele deveria fazer com os tons. Naquela época o Dr. Todd tinha desenvolvido dezesseis Tons Pineais. Kryon disse a Yawee que ele deveria desenvolver vinte e quatro porque dentro dos vinte e quatro estão 12 energias que formam pares para criar coerência (fase).

Metade dos tons é o portador, enquanto a outra metade é o modulador. Os tons pareados, portanto, criam comunicação quântica que fala com a pineal. A Pineal se torna um transmissor quântico que está entrelaçado com a Galáxia. Esta energia criada pelos tons pode ser vista por Gaia, pode ser vista pelos Pleiadianos e pode ser vista por qualquer civilização na galáxia que tenha visão quântica. Kryon deu ao Dr. Todd instruções para criar um coro para cantar os tons pareados em 21 de dezembro de 2012 e que o melhor lugar para reunir o coro seria no Havaí [o coração da Lemúria original]

Por que precisamos saber sobre os Tons Pineais e o coro? Kryon explicou que na Lemúria, uma vez por ano em 21 de dezembro [o solstício], Lemurianos se reuniam e cantavam 12 conjuntos de Tons Pineais. Isto criou um sinal quântico de consciência de massa. O sinal foi enviado através da Galáxia. Esta mensagem anual era enviada para dizer “obrigado” aos nossos Pais Espirituais, os Pleiadianos. As mensagens pararam há mais de 20000 anos atrás.

Figura 1- O Coro Lemuriano – Havaí

Em 21 de dezembro de 2012 Dr Todd Ovokaitys reuniu mais de 900 participantes para cantar os Tons Pineais. O evento do Coro Lemuriano foi aberto pela Alta Sacerdotisa Havaiana Kahuna Kalei’iliahi. Kryon disse o seguinte a respeito da Kahuna Kalei’iliahi:

O Espírito colocou sobre a Kahuna Kalei’iliahi uma alta energia de responsabilidade, que ela herdou através de seu akáshico. Ela carrega o Sangue Real de uma pura Lemuriana e despertou para a semente central – KRYON

O Coro Lemuriano cantou tons específicos em pares que enviaram um sinal quântico através do Universo. O coro cantou exatamente os mesmos tons cantados pelos Lemurianos 26000 anos antes. Kryon afirmou que a lembrança do Dr. Todd com relação aos tons era “chocantemente acurada”. Kryon ainda explicou que o Coro Lemuriano original criou uma “fechadura” na Rede Cristalina quando os 12 pares de tons foram cantados.

A “fechadura” é uma metáfora que representa as “cápsulas do tempo” dentro da Rede Cristalina. A informação mantida por esta “fechadura” é algo que não podia ser liberado até o final do ciclo de 26000 anos. Portanto, os tons cantados pelo Coro Lemuriano em 2012 foi um evento que girou a chave na “fechadura”. Esta é uma outra metáfora que representa a escolha da humanidade de recalibrar a Rede Cristalina com compaixão.

Girar a chave na fechadura estimulou as 12 “Cápsulas do Tempo” na rede, capacitando-as e preparando-as para serem abertas e ativadas. Este evento também foi o catalisador para Kryon revelar informações sobre os Nodos e Nulos do planeta.

Abrindo as cápsulas do tempo

Kryon nos deu uma metáfora sobre o evento do Coro Lemuriano em 2012 como colocar a chave na fechadura para abrir o acesso para todas as cápsulas do tempo. Para ouvir as canalizações dadas no Coro Lemuriano, por favor visite o seguinte link: CLIQUE AQUI

Desde o Coro Lemuriano, três eventos significativos aconteceram.

O primeiro evento significativo foi a realização de uma antiga profecia onde a Águia encontra o Condor. Esta antiga profecia remonta há mais de mil anos e foi explicada em grande detalhe em meu livro, The Gaia Effect. Em essência, a profecia fala sobre o planeta tornando-se equilibrado. A energia masculina do hemisfério norte se reuniria com a energia feminina do hemisfério sul para que o planeta estivesse mais uma vez em equilíbrio. Os antigos se referiam a isto como o movimento da Kundalini. Várias profecias o chamaram de a Jornada da Serpente Emplumada, o Despertar do Puma e o Encontro da Águia e do Condor. A profecia afirmava que o movimento da Kundalini se centraria ao redor de 2012. E foi assim!

Anteriormente eu mencionei que os Pleiadianos estabeleceram energias dentro das cápsulas do tempo, prontas para serem liberadas caso a humanidade alcançasse uma certa vibração, e em 2013 nós alcançamos aquela vibração. Enquanto estávamos na Ilha do Sol no Lago Titicaca (um Nodo), Kryon revelou que a primeira cápsula do tempo no planeta estava pronta para ser ativada e aberta.

O Nulo correspondente foi revelado como sendo o Monte Kailash no Tibet. Esta cápsula do tempo estava esperando para ser aberta no ano do seis. O ano do seis se refere à numerologia de 2013. Na antiga numerologia tibetana o seis representa sacralidade, comunicações, harmonia, equilíbrio e amor (também o Eu Superior).

A canalização de Kryon foi precedida por uma cerimônia e um canto da Kahuna Kalei’iliahi, e foi uma parte significativa da ativação da cápsula do tempo. Kryon afirmou que a energia dos 900 cantores do Coro Lemuriano estava imbuída na Kahuna Kalei’iliahi de forma que pudesse trazer aquela energia para o evento. Além disso, havia cerca de 20 cantores do Coro Lemuriano presentes na canalização.

Aqueles que estavam diretamente presentes na canalização do Lago Titicaca e os milhares que ouviram o áudio da canalização abriram a cápsula do tempo exatamente como os antigos previram há milhares de anos!

Os pares de cápsulas do tempo respondem à “ação compassiva desenhada”. No evento do Coro Lemuriano em Maui, Kryon disse ao Dr Todd Ovokaitys que se nós quiséssemos avançar ainda mais a mudança planetária, ele deveria repetir a experiência do coro usando outras combinações de tons. Assim sendo Dr Todd planejou outro coro para cantar tons específicos.

O Segundo evento significativo aconteceu durante dezembro de 2013 em Cancun, México, onde o Dr. Todd criou o Coro da Compaixão. Este encontro foi programado antes mesmo de Kryon nos dizer qualquer coisa a respeito dos Nodos e Nulos do planeta.

Que coincidência o coro ter cantado em um dos Nodos – a península de Yucatan no México! Kryon revelou o Nulo correspondente para este Nodo como sendo o Monte Kilimanjaro, Tanzânia (África).

Que coincidência esta montanha estar tão próxima de onde Dr. Todd está fazendo pesquisas para ajudar a melhorar a saúde e o bem estar da humanidade! Esta foi a terceira cápsula do tempo a ser aberta.

O terceiro evento significativo ocorreu em Junho de 2014. Durante a última canalização da Conferência de Verão de Kryon, dada em Monte Shasta (um Nodo), o Nulo correspondente foi identificado como sendo o Monte Ararat na Turquia. A mensagem canalizada de Kryon falava mais a respeito da energia empurra-puxa que existe na galáxia. Existe uma energia empurra-puxa benevolente que é transmitida a partir da Grande Fonte Central para os planetas de livre arbítrio que entraram no status de ascensão. Cada planeta com status de ascensão tem a habilidade de receber esta energia. Kryon disse que o planeta Terra tem sido como uma panela de pressão sem um receptor.

Em outras palavras, a energia do planeta simplesmente estagnou em si mesma, sem nenhuma nova informação sendo dada, e sem maneiras de drenar a velha. Nós precisávamos passar um marcador em um certo tempo e consciência antes que os receptores da Terra pudessem surgir e começar o processo de empurra-puxa. É por isso que os doze pares de Nodos e Nulos foram identificados.

Após a Conferência de Verão de Kryon aconteceu o Coro da Celebração Divina, novamente conduzido pelo Dr Todd Ovokaitys. Kryon disse que precisávamos de uma certa porcentagem de pares correspondentes de Nodos e Nulos serem identificados e abertos antes que qualquer um pudesse ser ativado e ficar “online” para receber transmissões quânticas de energia da Grande Fonte Central, e empurrá-la para a humanidade. Os eventos em Monte Shasta identificaram e ativaram todos os quatro pares de Nodos e Nulos (cápsulas do tempo).

Para ouvir as canalizações de Kryon dadas no Coro da Celebração Divina, por favor visite o seguinte link: CLIQUE AQUI

Resumo:

O Coro Lemuriano de 2012 capacitou as 12 cápsulas do tempo e TAMBÉM automaticamente abriu um par (Maui, Havaí e Monte Tibesti, Chad, África)

A canalização de Kryon e a cerimônia da Kahuna Kalei’iliahi em 2013 identificaram e abriram o segundo par (Lago Titicaca, Peru/Bolívia e Monte Kailash, Tibet)

O Coro da Compaixão de 2013 identificou e abriu o terceiro par (Peninsula de Yucatan, México e Monte Kilimanjaro, Tanzânia, África)

O Coro da Celebração Divina em 2014 identificou e abriu o quarto par (Monte Shasta, Califórnia e Monte Ararat, Turquia), que então ativou todas as quatro cápsulas do tempo que haviam sido identificadas e abertas.

Quatro pares de cápsulas do tempo criaram a porcentagem necessária (33,3%) para permitir estes pares correspondentes de cápsulas do tempo a começarem a receber e a transmitir.

Pense em um rádio que requer um certo número de antenas em locais específicos, para então serem capazes de trabalhar juntas para captar e redistribuir os sinais da transmissão.

O significado destes eventos permitiu que quatro pares correspondentes de Nodos e Nulos (cápsulas do tempo) fossem identificados, abertos e ativados de forma que TODAS as doze cápsulas do tempo pudessem receber a energia empurra-puxa que está sendo transmitida a partir da Grande Fonte Central.

Das doze, quatro estavam então transmitindo para a humanidade através das Redes. Conforme cada uma das cápsulas do tempo restantes forem individualmente identificadas e ativadas, elas se juntarão às outras na transmissão do que estão recebendo.

Figura 7-O Coro da Criação – Uluru

Nós nos graduamos e agora estamos a caminho de nos tornarmos um planeta ascenso. Agora temos a habilidade de receber uma via rápida para uma consciência mais elevada na Terra porque este é nosso desejo e intenção.

Durante 19 a 21 de março de 2015, o Dr. Todd Ovokaitys conduziu o Coro da Criação em Uluru, Austrália e o quinto par correspondente de Nodos e Nulos foi identificado, aberto e ativado. Uluru é o lar dos Anangu, onde têm vivido em harmonia e como guardiões da sagrada rocha de Uluru por mais de 40000 anos.

Kryon falou sobre a linhagem dos Anangu e sobre a pureza que carregam dentro de seu DNA. Seu DNA foi descrito como estando a um passo de distância dos Pleiadianos fazendo deles videntes da Terra de uma forma difícil descrever.

Os 12 Nodos no planeta representam todos os lugares onde os Pleiadianos vieram para semear a humanidade com divindade. Isto foi proposital, com um desenho sagrado, de forma que a benevolência de Deus fosse imbuída toda de uma vez, por todo o planeta, não apenas em uns poucos escolhidos.

Os Anangu têm permanecido puros devido à sua localização remota e isolamento no planeta. Os outros onze Nodos tiveram populações cujas linhagens sanguíneas foram diluídas e dispersas através do livre arbítrio. Nós estamos agora recebendo novas ferramentas e informações espirituais dos pares ativados.

Outra informação surpreendente que Kryon revelou foi que nem todos os pares correspondentes de Nodos e Nulos ESTÃO PREDETERMINADOS!

Os únicos dois pares predeterminados foram Maui, Havaí com as Montanhas Tibesti em Chad, (África) e a Ilha do Sol, no Lago Titicaca, Bolívia (Peru) com o Monte Kailash no Tibet. Os pares são correspondidos em resposta à Consciência Humana.

O Nulo correspondente para Uluru foi um de três potenciais. Todos os três eram apropriados. Um par polarizado é determinado pela energia correspondente do Nodo e Nulo baseado na Consciência Humana em um certo ponto do tempo no momento do pareamento.

Após os tons finais do Coro da Criação terem sido cantados, Kryon anunciou que o Nulo correspondente para Uluru era o Monte Logan, Território Norte de Yukon, Canadá.

O resultado foi que agora tínhamos cinco pares de Nodos e Nulos (cápsulas do tempo) que estavam ampliando a entrega de novas ferramentas para a evolução espiritual.

Esperem um “novo normal” no planeta. Esperem amor, compaixão e integridade importarem mais agora do que jamais antes!

Figura 8 – O Coro da Paz – Israel

Durante 10 de outubro de 2015 houve um tipo de coro muito diferente, novamente conduzido por Dr. Todd Ovokaitys. O Coro da Paz aconteceu em Tel Aviv, Israel em um auditório cheio com centenas de trabalhadores da luz. Mesmo que este coro não tenha ocorrido em nenhum dos principais Nodos do planeta, ainda assim ocorreu em uma área muito significativa.

O coro cantou em um local que estava rodeado por três Nulos – Monte Ararat, Turquia, Montanhas Tibesti, Chad (África) e Monte Kailash, Tibet.

No momento do coro cinco Nodos já tinham sido correspondidos e ligados com cinco Nulos. Daqueles cinco, três deles formavam um triângulo ao redor de Israel. Que coincidência! Kryon explicou que aqueles Nulos eram receptores, portanto, o Coro da Paz transmitiu, posicionou e mudou os Nulos, que por sua vez refletiram para seus pares correspondentes em diferentes lugares na Terra.

Foi a primeira vez que algum coro cantou os Tons Pineais para afetar um grupo de pares ativados de Nodos e Nulos.

As energias do coro estavam preenchidas com amor, propósito e a intenção de criar paz. Isto foi transmitido para as redes do planeta. Kryon disse que quando começamos a mudar as redes do planeta ela literalmente fala com o DNA. Em outras palavras, afeta a natureza humana.

Além disso, os Tons Pineais específicos cantados em Israel foram ligeiramente diferentes dos coros anteriores. Aqueles coros cantaram tons lembrados do passado, mas o coro em Israel cantou tons atuais e vindos diretamente dos Pleiadianos.

O Coro da Paz foi responsável por colocar esta nova energia em toda a rede do planeta. Portanto, este coro plantou as sementes da paz, não apenas para Israel, mas para toda a humanidade na Terra.

Durante 15 de junho de 2016, Dr Todd Ovokaitys conduziu o Coro Cristalino em Hot Springs, próximo ao Monte Ida no Arkansas, e o sexto par correspondente de Nodos e Nulos foi identificado, ativado e aberto. O engraçado é que o Monte Ida não é na verdade uma montanha – ou será que é?

Diretamente abaixo daquela área está uma enorme montanha de cristal. Esta área no Arkansas tem um dos maiores depósitos de cristal de quartzo da Terra! Isto cria um atributo único deste Nodo já que ele tem um grupo de cristais físicos que tem uma interface com a Rede Cristalina esotérica do planeta.

Kryon revelou que os cristais são transmissores e aqueles que sentem energia são receptores. Os cristais sempre falaram conosco, mas Kryon diz que ninguém sabia as mensagens exatas até agora. Nós passamos o marcador de 2012 criando uma nova energia no planeta que permite comunicação com os cristais.

Todos os cristais são sempre benevolentes e sua grande mensagem para nós é que podemos reescrever nosso futuro.

Antes de Kryon revelar o Nulo correspondente para o Nodo do Monte Ida fomos lembrados novamente de que as baleias e golfinhos são a parte viva da Rede Cristalina.

Eles são as bibliotecas da consciência deste planeta e o backup do Akáshico da humanidade. A Rede Cristalina no planeta reage ao que os humanos fazem e então transmitem isto para a humanidade através do pó da terra. No entanto, os oceanos cobrem mais de setenta por cento do planeta. É por isso que as baleias são necessárias para carregar aquela informação. Então com a ativação do Nodo do Monte Ida, que tem um grupo de cristais físicos, ele foi ligado e pareado com o Nulo chamado Monte Fiz Roy na Patagônia.

A Patagônia é uma área conhecida por ter numerosas espécies de baleias e golfinhos. Na verdade, uma descoberta recente pelo cientista chileno (Dr Rodrigo Hucke-Gaete) mostra que a região da Patagônia é um dos mais extraordinários locais de alimentação e maternidade das Baleias Azuis no hemisfério sul.

A ativação do par Monte Ida e Monte Fitz Roy afetará diretamente os filhotes destas baleias e golfinhos. Estes filhotes e futuras gerações terão o início da nova informação Pleiadiana. Isto é necessário para o equilíbrio no planeta já que mais de setenta por cento de Gaia é água.

Finalmente, uma revelação surpreendente que Kryon deu ao Dr. Todd Ovokaitys foi em relação ao nosso DNA.

A humanidade tem 23 pares de cromossomos e os cientistas sempre procuraram pelo elo perdido que nos separa dos mamíferos mais próximos que têm 24 pares de cromossomos.

Prepare-se para informação controversa. Kryon diz que na verdade nós temos 24 pares de cromossomos porque dois deles são multidimensionais, vindos diretamente dos Pleiadianos.

Além disso, algum dia quando pudermos medir coisas quânticas com uma lente quântica nós os veremos! É por isso que energias quânticas se comunicam diretamente com nosso DNA.

Isto também explica porque alguns são curados quando cantam ou ouvem os Tons Pineais e porque muitos viverão mais tempo.

Durante 21 de maio de 2017, o Dr. Todd Ovokaitys realizou O Coro Quântico em Chamonix, França (localizado na base do Maciço do Mont Blanc) e o oitavo par Nodo/Nulo correspondente foi identificado como Mont Blanc, França/ Itália /

Suíça com o Monte Aconcágua, Argentina.

Este par representa um belo exemplo de fusão e unificação entre o hemisfério norte e o hemisfério sul. Esta é uma metáfora do equilíbrio entre o divino masculino e divino feminino no planeta.

Durante o mês de maio de 2018, o Dr. Todd Ovokaitys realizou O Coro de Avalon em Bath, que fica bem perto de Glastonbury, na Inglaterra, e o nono par Nodo/Nulo correspondente foi identificado como Gunnbjørn Fjeld, Groenlândia.

Um dos atributos deste par são as lendas e sagas que a humanidade tem dado à luz a partir destes locais. A lenda do Rei Arthur, e as Sagas islandesas nascidas na época medieval são conhecidas em todo o mundo literário. Elas representam as histórias da Jornada do Herói, um conceito descrito pela primeira vez pelo mitólogo Joseph Campbell.

Todos nós temos uma história e individualmente todos nós percorremos o caminho do herói, em uma jornada para a autorrealização.

A passagem do marcador de 2012 sinalizou a jornada do herói do planeta, pois contra todas as probabilidades, ao invés de nos destruirmos, como fizemos no passado, finalmente começamos uma evolução na consciência mudando para sempre o que pensávamos saber sobre a natureza humana. Isso anuncia o novo

Humano na nova Terra.

Durante setembro de 2019, o Dr. Todd Ovokaitys realizou o Coro da Sabedoria nas Montanhas Rila, na Bulgária e o décimo par de Nodo/Nulo correspondente foi identificado como o Pico Victória, Quirguistão.

O título de VITÓRIA neste par combinado não poderia ser melhor. A razão é porque Kryon instruiu o Dr. Todd, durante o Coro Avalon, a se lembrar de algo que ele nunca tinha ouvido antes, algo que todo Pleiadiano conhece – a canção da vitória.

Kryon nos diz que os Pleiadianos passaram por seu próprio teste de consciência. Em um determinado momento, eles passaram por um marcador e mudaram-se para um status graduado de ascensão.

Século após século, sua consciência coletiva evoluiu e começaram a se tornar Humanos ascensionados e multidimensionais. Eventualmente, encontraram-se com aqueles que lhes deram seu DNA espiritual e eles cantaram canções sobre o que haviam realizado.

Uma vez por ano eles se reuniam e cantavam a canção da vitória. A canção da vitória é sobre a vitória sobre a baixa consciência, indo além da era bárbara.

Seguindo o Coro da Sabedoria em novembro de 2019 Lee Carroll se juntou a Nicolas Pauccar, um sacerdote andino da tribo Q’ero do Peru, em uma jornada xamânica que incluiu uma visita a Machu Picchu, um dos Nodos do planeta.

Durante uma canalização neste local, o Nodo de Machu Picchu foi correspondido com o Nulo de Aneto nos Pireneus, Espanha. Kryon disse que esta correspondência deveria ser óbvia, devido à relação Akáshica entre a América do Sul e a Espanha.

O Akáshico e a relação cármica se relacionam com a conquista de parte da América do Sul pelos conquistadores espanhóis.

A América do Sul está no hemisfério sul associado ao coração, à intuição e ao espiritual, enquanto a Espanha está no hemisfério norte, associado ao cérebro, ao racional e ao material.

Este par combinado é sobre a transmutação do passado e a criação de um novo futuro. Trata-se de equilibrar o masculino e o feminino. Representa a profecia da Águia e do Condor onde um novo nível de consciência para a humanidade é criado.

A lógica, então, nos diz que o último Nodo remanescente em Table Mountain, no Cabo Horn, África é correspondido com a Montanha Nevada Meili, na China. Isso significa que todos os doze pares de Nodos e Nulos já foram identificados e ativados.

O Propósito dos Nodos e Nulos Ativados

Agora que todos os doze pares de Nodos e Nulos estão ativados, há um nascimento de uma nova energia neste planeta. Cada Nulo está coletando as energias negativas que estão nas redes deste planeta e estão empurrando todas essas energias negativas em direção aos Nodos, onde são queimadas e transmutadas por causa da sacralidade que existe dentro dos Nodos.

Significa que as redes estão sendo limpas da guerra, horror, tristeza e coisas inapropriadas e, em vez disso, há a entrega de uma consciência superior e a energia da compaixão, integridade, unidade e coerência.

Além das mudanças da rede planetária, Kryon mencionou como a ativação dos doze pares de Nodos e Nulos nos afetam pessoalmente. Como? Para responder a essa pergunta é necessário falar sobre DNA. Humanos têm 23 pares de cromossomos, ao contrário de todos os nossos parentes mamíferos mais próximos, como macacos e símios que têm 24 pares. Na verdade, os cientistas começaram a fazer algumas descobertas surpreendentes sobre o Cromossomo Humano 2.

Este cromossomo é responsável por nosso cérebro dilatado; nossa capacidade de emoção, simpatia, empatia, compaixão; e nossa memória e processos de aprendizagem. O que torna o Cromossomo 2 tão misterioso é que ele é uma relíquia de uma fusão de telômero a telômero de dois cromossomos ancestrais que ocorreu há 200.000 anos.

De acordo com Kryon, os Pleiadianos vieram ao nosso planeta há 200.000 anos para dar à humanidade as sementes da espiritualidade, e para criar as redes de consciência da Terra, o que incluía o estabelecimento dos 24 Nodos e Nulos.

Kryon disse: “Quando o seu DNA foi mudado, meus queridos, as Mães Estelares precisaram continuar todas as informações mantidas dentro dos 24 pares de cromossomos e construí-las em 23 pares.

Além disso, elas adicionaram um cromossomo multidimensional, o 24º par de cromossomos.” O Cromossomo 24 agora está sendo ativado como resultado da correspondência e engajamento dos 24 Nodos e Nulos.

Este sistema benevolente começará a afetar a velocidade da evolução da consciência da humanidade. Eventualmente, poderemos até determinar que nossa história planetária antes de 2012 representou a era bárbara.

Contra todas as probabilidades, não tivemos o Armagedom previsto. Talvez possamos até criar nossa própria Canção da Vitória que cantaremos todos os anos em comemoração à graduação para o status de ascensão e reconhecendo a unidade de tudo.

Se você estiver interessado em aprender mais sobre o Dr. Todd Ovokaitys ou os Tons Pineais, visite os seguintes sites:

www.pinealtones.com
www.lemurianchoir.com
www.faroldeluz.com.br

Monika Muranyi
www.monikamuranyi.com

OBS: se você precisar de mais informações ou Livros do Kryon entre em contato!

Aguardamos você!

Silvia Fleury e Equipe EMF e Tachyons

Para maiores informações consulte-nos
(55) 11 98429-7035

Siga-nos nas redes sociais

Solara Holístico Solara Holístico Conecte-se em nosso Linkedin Solara Holístico Solara Holístico

Mais recentes de Solara Holístico